Viagens Literárias

Recursos Educativos Digitais com o Google Earth

Do Google Earth ao Google Maps e daí às Google Fusion Tables: contributos para a inovação em Educação e Investigação em Educação.

A frase que escolhi para título do artigo de hoje traduz e muito um dos objetivos do projeto Viagens Literárias.

Assim, é com enorme alegria que comunico (e partilho) a publicação de um artigo em que sou co-autora e em que introduzi o conceito de georreferenciação em investigação que já tinha apresentado numa Conferência da Universidade Aberta. Provavelmente, em português, um dos primeiros contributos para a exploração desta tecnologia aplicada às Ciências sociais. Boas leituras.

Marques, J., Silva, B. e Pombo, T. (2013). Investigação sobre Quadros Interativos Multimédia em Portugal e Espanha: contributos para a sua sistematização georreferenciada. Atas do XII Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho, 2013. ISBN: 978-989-8525-22-2 pp. 6980-6999. Disponível em http://webs.ie.uminho.pt/xiigp/# Consultado a 10 de dezembro de 2013.

artigo

Resumo:

A utilização das tecnologias educativas em educação foi marcada, ao longo dados últimos anos, por diversos programas que envolveram não apenas a introdução de materiais nas escolas mas também formação de docentes para uma correta utilização pedagógica e metodológica dos mesmos.Os quadros interativos multimédia foram alguns dos equipamentos mais recentemente introduzidos, com especial destaque nos anos de execução do Plano Tecnológico da Educação(PTE). Essa introdução, a par da  formação que a acompanhou, permitiu tornar possível a utilização deste equipamento que se tornou presente num grande número de escolas e de salas.
A presença dos quadros interativos multimédia, a forma como foram introduzidos, a formação realizada para a sua utilização, as metodologias com que têm sido utilizados e o impacto que produzem foram alvo de vários estudos académicos e comunicações em congressos. Procurámos analisar esses estudos, de entre os realizados em Portugal e  Espanha, procurando estudar as suas conclusões mas também o seu alcance e locais de realização. Da nossa análise faz parte a localização das Universidades onde se sediaram os estudos, bem como da escola ou escolas que o estudo abrange e a dimensão e conclusões do mesmo. Neste trabalho, pretendemos oferecer um retrato dos trabalhos de  investigação que analisámos realizando a sua georreferenciação de modo a poder analisar tendências de estudo e a permitir a instituições e investigadores um conhecimento do trabalho já realizado, bem como de uma ferramenta específica que, no contexto das Ciências da Educação, pode auxiliar os investigadores no tratamento e apresentação deste tipo de dados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: